ALINHAMENTO 3D

Alinhamento 3D é uma modalidade de regulagem da suspensão em que se usa um programa de computador com as medidas exatas estabelecidas pela fabricante dos carros. Nesse sistema, todas as medidas originais estão determinadas. Chama-se 3D porque o carro é colocado numa plataforma dotada de sensores que analisa três parâmetros, x, y e z. Ou seja, com profundidade na medição angular. Essa plataforma se eleva, e seus sensores fazem a leitura de cada roda. Os valores obtidos nas leituras são levados ao programa para sabermos exatamente qual a diferença entre eles e as medidas originais do carro.

O profissional então, após consultar as medidas, pode usar os parâmetros para realizar um ajuste muito mais fino e preciso que no alinhamento manual. Após os ajustes terem sido realizados, o equipamento faz a medição que será comparada com os dados originais para saber se o carro está efetivamente alinhado. A partir daí, o carro estará exatamente como de fábrica, aumentado a durabilidade dos pneus, melhorando a estabilidade, fazendo as peças da suspensão durarem mais. O alinhamento automotivo deve ser periódico, sendo o 3D mais preciso, confiável e duradouro frente a outras modalidades.

Carro alinhado reduz consumo de combustível

Outro ponto importante a ser destacado referente à realização de um bom alinhamento é que, com o procedimento feito de maneira mais precisa, o consumo de combustível é reduzido, fzendo o proprietário do carro ter mais um motivo para realizá-lo de maneira constante, economizando o custo do reabastecimento frequente. Manutenção preventiva ajuda muito a reduzir o custo final de um carro.

BALANCEAMENTO

O balanceamento das rodas é feito para diminuir os atritos causados por impacto e o desconforto do motorista na direção quando isso acontece. Além disso, ainda aumenta a vida útil dos pneus. Ou seja: segurança, longevidade e conforto são os principais ganhos após a sua execução. Mas você sabe quando é necessário fazer o balanceamento do veículo? É o que iremos te mostrar agora. Confira:

A frequência de utilização do carro é o que vai definir a quantidade de vezes que as suas rodas precisarão passar pelo balanceamento. Mas no geral, não deixe de fazer esse procedimento nas seguintes situações: durante a primeira revisão do carro; depois do rodízio dos pneus; quando os pneus forem trocados por outros novos; se você sentir qualquer tipo de trepidação fora do comum quando estiver guiando o veículo ou após reparos na câmara dos pneus.

O balanceamento pode ser feito de forma local, sem a retirada das rodas do carro, ou através do balanceador de coluna, que implica na retirada das rodas.

Peças

Super Troca de Óleo

  • Pneus
  • Palhetas
  • Pastilhas
  • Óleo
  • Disco de Freios
  • Escapamentos
  • Rodas
  • Calotas
  • Filtro de Ar
  • Filtro de Óleo
  • Filtro de Ar Condicionado

Ligue-nos agora mesmo

(11) 4803-4807